2

1# Lista de desejos

5141. Colar  Birdcage Long – Accessorize (54,90)
2. Funny de ouvido Maçã Verde – WACKY (29,90)
3. Mochila – Victoria’s Secret (162,00)  
4. Capinha Angry Birds (iPhone 4) – Mac Store (165,00)
5. Livro “A guerra de Clara” – Lojas Americanas (32,90)
Essa foi a lista de desejos dessa semana. Semana que vem tem mais lista de desejos. Tiau&Miau.

Anúncios
0

Atada às tuas lembranças

triste

Eu acordei, tateei o espaço vazio ao meu lado de olhos fechados na esperança de que por algum maravilhoso engano você estivesse ali, intacto. Fiquei sentada na cama por longos segundos, porque agora era assim, o tempo se arrastava sem você por perto. Procurei teus vestígios, mas eles só existiam na minha memória. Cada canto daquele cubículo infeliz lembrava teu cheiro, teu riso, teu falar. Tudo inalterado, as coisas ainda estavam no mesmo lugar, exceto minha felicidade. Nossa felicidade. O barulho da chuva acompanhando o ritmo do meu pobre coração, chuviscado, esmagado. E embora não houvesse grades, minhas lembranças eram uma prisão. Algemada pelo teu calor, que eu já não sentiria. Amordaçada pelas tuas declarações de amor que nunca mais seriam repetidas. Torturada pela tua ausência eterna e nada suportável. Peguei o telefone só pra ouvir a tua voz mais uma vez nos recados antigos da caixa postal. A mão trêmula, o peito vazio. Presa no ritual diário de conviver com tua inexistência. Uma vontade de me jogar pela janela do terceiro andar pra não ter que sentir mais nada. Deixar a chuva molhar meu rosto e lavar minha alma. Em vez disso olho para o bar na sala, tudo que eu preciso: uma taça, uma garrafa. Embriaguez semanal. Cada resquício se apagando em cada golada. Até não restar mais nada. Não sentir mais nada. Nem teu hálito de canela. Nem teus comentários desapropriados. Nem tua risada serena. Nem tuas manias. Nem tua presença irreal. Até eu entender que embora não possa viver sem você, aqui estou. E que, sim, acabou, como tudo que é realmente bom. Até a tequila.

– Elba Cynthia

*você pode copiar, mas dê os devidos créditos em seu blog e avise.

2

Apresentando bandinhas esquecidas, Lowrider.

Lowrider2Hey, como superfã de trilhas sonoras, hoje eu estava escutando umas músicas da banda Lowrider e pensei em dar uma pesquisada pela internet. Me supreendi ao perceber que não há muita coisa sendo dita sobre eles, até porque não duraram muito – disso eu sabia. Lowrider é uma banda de Stoner Rock da Suécia, formada na metade dos anos 90. A banda tem poucas músicas e eu comecei a ouvir quando me interessei por uma música deles que estava na trilha sonora da novela Ti Ti TiFriend. E depois me apaixonei por uma que também fazia parte de outra trilha sonora, a de  MalhaçãoAll in hand (minha preferida).

Dá uma olhada!


___________________________________________________________________

Pelo que andei pesquisando acho que eles lançaram apenas 2 albúns, um deles completo, o Ode to Io (2000/2002). No ano de 2003 havia rumores de que os integrantes diziam que estavam começando a compor um novo álbum, mas até agora nada foi lançado.

Lowrider

A banda era formada por Peder Bergstrand (baixo e vocal), Ole Hellquist (guitarra e vocal), Niclas Stalfors (guitarra), Andreas Eriksson (bateria). Fez  também turnês com bandas como Nebula, Dozer e Spiritual Beggars. Pra finalizar vou deixar o vídeo de outra música que eu gosto muito e que é até bem conhecida,  C’est La Vie Street – da trilha sonora de Insensato Coração.

___________________________________________________________________
Espero que gostem, beijos e queijos.

0

Sobre o prazer de ler você

livro e ler

Naquele café da esquina, de frente pra tua figura esperançosa, poderia ter dito mais do que palavras de inverno, encolhidas de frieza e tremidas dando a luz a frases sem sentido. Mas esse meu não querer, ainda é bem querer. Só não é mais desejar. Assim como aquele livro caro na prateleira da loja, eu te devorei ali mesmo enquanto não podia e no final da tarde não te levei pra casa. Sem frustrações, de certo o li e o decifrei sem gastar nenhum centavo, daí então virei a última página e me retirei da loja satisfeita com a leitura, mas sem vontade de voltar.  Naquela mesma prateleira, ou em outra contendo livros baratos, certo dia me encantei com um que eu pude comprar. O barato eu levei e não li até o final. Parei no sétimo capitulo dos dez, porque certas histórias são melhores quando não terminam e deixam margem para que criemos sozinhos o que antecede o ponto final. Não tenho voltado na livraria, nem tenho relido livros antigos. Apenas me privei da leitura um pouco, como alguém que dá um tempo com um amor antigo. De fato, voltarei aos livros. Dessa vez talvez eu esqueça os dramas e volte meu olhar para comédias e romances de final feliz. E na prateleira da loja alguém há de pagar pelo livro que aproveitei sem comprar.

– Elba Cynthia

*você pode copiar, mas dê os devidos créditos em seu blog.